Você se sente invadido?

February 14, 2018

Você sente como se não vivesse a sua vida? Que você não tem um espaço seu no mundo? Que o tempo passou e não fez o devia ter feito? Que não é ouvido e nem respeitado?

 

Você já parou pra pensar que talvez não esteja ocupando o espaço que é seu por direito e isso gera tanta infelicidade e tristeza?

 

 

 

 

 

Veja bem. Todos nós temos uma alma e um corpo e portanto o direito de viver. A alma usa o corpo para se movimentar, comunicar, fazer e aprender coisas. Hoje, temos um corpo mas ele está vazio ou incompleto. A alma que ali devia habitar está em outro local mas não ali.

Muitas vezes por medo da rejeição, por medo de arcar com responsabilidades, erros e fracassos permitimos que “tirem” a nossa vida de nós, perdemos a posse da vida, do espaço que temos aqui.

 

Eu não ocupo meu espaço quando coloco todas as pessoas na minha frente, quando doou demais e não tenho tempo pra mim, quando me sobrecarrego com coisas que não eram minhas por não saber estabelecer limites, quando vivo no futuro ou no passado, quando vivo com medo, quando forneço esse espaço que me pertence para que outras pessoas tomem decisões por mim, quando digo sim querendo dizer não.

Uma pessoa que não se coloca em primeiro lugar por medo de parecer egoísta está abrindo espaço para ser invadida, perdeu seu espaço porque outras pessoas vão lá ocupar pra você com toda a carga delas.

 

Por acreditarmos que é feio pensar em nós mesmos, que é egoísta, que pra ser uma pessoa boa eu tenho que colocar sempre a necessidade do outro em primeiro lugar, negligenciamos nosso próprio Ser e ficamos nas mãos e controles dessas pessoas.

Uma pessoa que não reconhece a própria grandeza, a própria verdade e necessidade se torna frágil, vulnerável e com baixa auto estima.

 

Apodere-se da sua vida. Recupere sua dignidade

 

Fique calmo. Você pode pegar sua vida de volta assim quem quiser. Para consertar isso, precisamos primeiro enxergar isso. Tomar consciência que a vida está do jeito que está porque nós permitimos é o primeiro passo na minha humilde percepção.

Tomamos novamente a posse do nosso espaço quando temos autocuidado, quando exercitamos antes de mais nada o amor próprio, é quando descobrimos nossas vocações, nossas potencialidades, nossos pontos fracos. É ter discernimento para ouvir conselhos mas seguir o que o nosso coração manda. Ou então continuar deixando que nos digam o que tem que ser feito e como tem que ser feito e tudo bem, é uma escolha também, mas corre-se o risco de depois termos que lidar com uma vida possivelmente frustrada e repleta de ressentimentos e mágoas apontando o dedo pros outros pelo “fracasso” que você mesmo permitiu acontecer.

 

Para por alguns minutos para pensar se esse não é seu caso.

O que te motivou a deixar a vida te escapar pelos dedos? Porque você permite que gritem com você? que te tratem mal? é o medo da solidão? é o medo de ter que lidar com a culpa por escolhas mal feitas?

 

Se você quer ocupar o espaço que te pertence, recuperar sua dignidade como ser humano é preciso ter coragem de se mostrar como é e arcar com as consequências felizes e infelizes que isso também pode te trazer mas pelo menos a vida é sua, os erros são seus assim como os acertos e ganhos.

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2017 - 2019 por Thá com Vida