Filosofando sobre as estações do ano

March 22, 2017

Oii gente,

 

Estação do ano mudando, hora de sair da energia yang do verão e se preparar para a transformação em yin. Momento de maior introspecção, de descanso, repor as energia dispersadas durante o verão, de pensar sobre tudo que ocorreu nos últimos meses, identificar pontos que precisem de ajuste para só então estar pronto para receber todo o calor de novo da energia yang que chega com a primavera lá em setembro e tem seu ápice no verão.

 

 

“Tudo é duplo; tudo têm pólos; tudo tem o seu oposto;

O igual e o desigual são a mesma coisa;

Os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau;

Os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades;

Todos os paradoxos podem ser reconciliados.”

 

(4a Lei Hermética da Alquimia – Lei da Polaridade)

 

 

Por aqui está acontecendo o inverso. As flores estão chegando cheias de vida e cores, e o cenário cada vez mais lindo e convidativo.

Já comi bastante, rsss, já tomei bastante chá,  já repus toda energia que eu precisava e estou pronta para curtir um calorzinho, viver fora de casa um pouco, e de por todos os planos e ideias (que são muitos) cultivados durante o inverno.

 

Enfim, o que quero ressaltar é como é importante estarmos atentos não só à natureza em si, mas com toda transformação que vivemos a todo momento.

Para ilustrar bem isso vou te fazer umas perguntas:

   - Você consegue esperar o necessário para atingir um determinado objetivo?

   - Sabe se calar ou falar na hora necessária?

   - Ou "atropela" a si mesmo, os outros e a vida porque não tem paciência de esperar as coisas se ajeitarem por si só?

   - Respeita seu ritmo interno, por exemplo, de comer quando está com fome ou de parar quando já comeu o suficiente? de dormir o quanto seu corpo precisa? de relaxar após um longo dia de trabalho? 

 

Às vezes, queremos que as coisas aconteçam no nosso ritmo, de acordo com as nossas expectativas ou com que achamos que seja correto. Com isso brigamos com a vida e as situações, e no final nada nos resta a não ser frustração.

É preciso saber esperar e confiar que tudo, por pior que às vezes pareça, tem um fundamento e um tempo de amadurecimento para um bem maior.

Confiar que o que queremos, pode não chegar no tempo esperado pelo nosso ego, mas que aquilo que você quer vai chegar, e vai chegar da maneira mais incrível que você sozinho, talvez,  não teria imaginado.

 

É preciso aceitar o fluxo da vida, dos nossos projetos, dos nossos sonhos, das nossas fases. A natureza tem muito a nos ensinar nesse sentido. Só é preciso estar atento e observar com olhos humildes e sensíveis o quanto temos à nossa disposição, o tamanho da abundância aqui e agora.

 

Direito de imagem yin yang: https://en.wikipedia.org/wiki/File:Yin_yang.svg#globalusage

 

Para reflexão eu deixo a seguinte pergunta: Como você lida com as transformações e mudanças da sua vida?

 

 

Direito de imagem yin yang: https://en.wikipedia.org/wiki/File:Yin_yang.svg#globalusage

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2017 - 2019 por Thá com Vida